W3C

Em conformidade com:

Esportes
Entretenimento e melhoria de qualidade de vida da criança e adolescente na Copa Bandeirantes
20/01/2020

 

 

Ocorreu no Ginásio de Esporte José Caetano Andrade, a Copa Bandeirantes, promovida pelo Núcleo de Criança e Adolescente- Nuca, teve seu encerramento na sexta-feira (17/01), o evento contou com apoio Secretaria Municipal de Assistência Social e Secretaria Municipal de Esporte - Governo a Força do Trabalho.

 

O evento busca pelo Selo UNICEF, e é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância, que conta com intervenções para a edição 2017-2020 em Bom Jesus da Lapa para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira.

 

O torneio teve com mobilizador Nilson Magalhães Rego e a articuladora Karla Farah. Juntamente com NUCA trazendo o esporte seguro selo UNICEF. Com oito times mais de 60 jogadores a noite final do torneio que terminou com o time do Hertha campeão, numa final onde os times jogaram em clima de paz apesar da competição. Além da definição do título houve ainda aula e apresentações de dança entre os jogos para promover maior integração.

 

SOBRE O SELO UNICEF

 

O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira.

 

Ao participar do Selo UNICEF, o município deve seguir a metodologia proposta para fortalecer as competências de atores locais para que eles possam trabalhar de forma intersetorial e integrada e oferecer políticas públicas com qualidade, além de monitorar os indicadores sociais e avaliar o desempenho e atividades de participação social. O envolvimento e participação dos Conselhos de Direitos, Tutelar e setoriais também é parte fundamental do processo de participação social. Também devem implementar ações de mobilização social que garantam a participação de adolescentes.

 

Cada ciclo do Selo UNICEF dura quatro anos. Neste período, os municípios: fazem a adesão à iniciativa; participam de capacitações; recebem bibliografia e suporte técnico da equipe do UNICEF e parceiros; desenvolvem um plano de ação; mobilizam a comunidade local para participar das decisões; acompanham a evolução de indicadores sociais; são monitorados; e finalmente são avaliados.

 

Os municípios que mais avançam na garantia dos direitos de crianças e adolescentes são reconhecidos com o Selo UNICEF, e podem fazer uso deste reconhecimento durante o ciclo seguinte.



Autor: Earvin Andrade - Agência Morrito